Morre Jaime Lerner, arquiteto, ex-governador e ex-prefeito de Curitiba

28/maio/2021
Tempo de leitura: 2 min..

Uma semana triste para a arquitetura mundial. Depois de Paulo Mendes da Rocha, falecido no último domingo (23), o arquiteto e urbanista Jaime Lerner deixa seu legado registrado na história ao ser vítima de uma complicação renal nesta quinta-feira (27).

Com 83 anos e na ativa em seu escritório no bairro Cabral, em Curitiba, até antes de ser hospitalizado, Lerner tem seu trabalho reconhecido a nível mundial ao propor soluções simples, mas eficazes, para os problemas das cidades, por meio do que chamava de "acupunturas urbanas".

Era adepto, também, do privilégio ao pedestre, ao verde, da proximidade entre trabalho, lazer e moradia, o que reduz o tempo de deslocamento dos cidadãos e, consequentemente, traz mais qualidade de vida para eles.

Qualidade de vida esta que ele também traduziu em mobilidade urbana e em parques e praças emblemáticos, que fizeram de suas instalações os pontos turísticos mais famosos da capital paranaense e elevaram a cidade como destino atraente aos olhos do Brasil e do mundo.

Não à toa a revista americana "Time" listou Lerner entre os 25 pensadores mais influentes do mundo. Mesma linha seguida pela também norte-americana "Planetizen", dedicada aos temas de planejamento urbano, que concedeu ao arquiteto sua medalha de prata ao listá-lo como o 2° maior urbanista do mundo, em 2018.

“[Curitiba] É uma reposta para uma pergunta que de outra forma seria hipotética: como as cidades seriam se urbanistas, e não políticos, estivessem no poder?”, elogiou, por sua vez, o "The New York Times" em 2007.

Como todo gênio que se vai, Lerner não o fez sem antes deixar um legado que, com toda a certeza, será eterno. E, mais do que isso, que continuará a inspirar estudantes, incorporadores, instituições, governantes e pessoas comuns que veem na cidade o seu lugar e, portanto, querem fazer dela cada vez melhor.

Conheça dez dos inúmeros projetos assinados por Jaime Lerner e sua equipe, e que estão entre os mais emblemáticos de sua carreira.

Fonte Gazeta do Povo. 

Compartilhe nas redes sociais!!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

map-markercross