AEAARP recebe exposição sobre legado italiano na arquitetura paulista

01/set/2022
Tempo de leitura: 2 min..

ARQUITETURA ITALIANA NO ESTADO DE SÃO PAULO

AEAARP recebe exposição sobre legado italiano na arquitetura paulista

Inscreva-se aqui

Oriunda do projeto ‘Plataforma on-line: Arquitetura italiana no Estado de São Paulo’, mostra reúne imagens e documentos de construções que contaram com o trabalho de profissionais italianos e descendentes

A sede da AEAARP (Associação de Arquitetura, Engenharia e Agronomia de Ribeirão Preto) recebe, de 13 a 23 de setembro, exposição do projeto “Plataforma on-line: Arquitetura italiana no Estado de São Paulo”, que reúne reproduções, fotografias e outros documentos de construções que contaram com o trabalho de artífices, práticos licenciados, engenheiros e arquitetos italianos e descendentes de italianos.

O projeto foi criado com o objetivo de reunir, sistematizar e propiciar o livre acesso a uma produção arquitetônica de extração eclética, pouco conhecida, reconhecida e, sobretudo, desqualificada pela historiografia da Arquitetura e do Urbanismo brasileiros, que é a dos italianos de primeira e segunda geração de imigrantes a aportarem no Brasil entre 1819 e 1940.

Dos cerca de 4,7 milhões de imigrantes a aportarem no Estado de São Paulo naquele período, mais de 1,5 milhões eram de origem italiana. O trabalho nas fazendas de café era o destino principal da maioria deles, por isso a noção de trabalhadores desqualificados - ou qualificados apenas para o trabalho no campo -, sem educação e formação, acompanhou a imagem dos imigrantes italianos e seus descendentes durante muito tempo. A ascensão social que muitos alcançaram na maioria das vezes foi interpretada como a de indivíduos desprovidos de cultura. Mas, mesmo que alguns imigrantes tenham melhorado sua condição econômica e social por meio do trabalho no campo, inúmeros outros o fizeram a partir de ofícios urbanos e saberes acadêmicos.
A arquitetura desses profissionais, em muitos casos, conferiu novos significados às cidades por meio de edifícios públicos, hospitais, igrejas, palacetes, fábricas, residências, e transformou a produção arquitetônica paulista. Em seus projetos foram incorporados tecnologias, materiais, sistemas construtivos e estilos em voga no final do século 19 e início do 20, com destaque para o ecletismo, que caracteriza a maior parte das obras apresentadas na exposição.

Inauguração e Palestra de Abertura

Dia: 13/09/2022
Horário: 19h30
Local: AEAARP - Rua Clemente Ferreira, 330
Palestrantes: Ana Carolina Gléria Lima, Ana Tereza e o prof. Miguel Buzzar

Compartilhe nas redes sociais!!

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

map-markercross