Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Conheça as áreas que melhor remuneram os recém-formados

Estudo da unidade de pesquisas de recursos humanos da Universidade Estadual de Michigan, nos Estados Unidos, aponta que os cursos que oferecem os melhores salários aos recém-formados são as engenharias elétrica, da computação, mecânica, civil e química, design de software, programação, ciência da computação, matemática e construção. Das dez profissões do ranking, a Unoeste oferece a formação em cinco delas, sendo que três já são tradicionais - Engenharia Civil, Ciência da Computação e Matemática - e duas estão como novas opções no vestibular - Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica.

O psicólogo e docente da Unoeste, Jerson Joaquim da Silva tem participações em programas de trainee e atua com treinamento e seleção de pessoas. Sobre o cenário apontado pelo estudo ele explica que essas carreiras também estão relacionadas ao momento em que o Brasil está passando. "O país ocupa o 10º lugar no ranking mundial em reserva cambial, com mais de 100 países participantes de estudo recente. Nesse contexto, essas profissões tem relação direta com a tecnologia e com a prática de conhecimentos técnicos na área operacional, onde há uma escassez de mão de obra. Com a tecnologia disponível e a inovação, hoje há a necessidade de profissionais técnicos mais especializados".

Ele acrescenta que a universidade possui importante papel na qualificação para o trabalho nesses segmentos. "Acredito que a Unoeste é pioneira na implantação de graduações que atendam as necessidades do mercado. Desse modo, está sempre atenta às condições regionais de desenvolvimento".

Segundo a pesquisa, a engenharia civil é um setor promissor. Esse cenário positivo também é constatado pelo egresso da graduação na Unoeste, Renan Soriano Pereira, que se formou no final de 2014. Antes mesmo de pegar o diploma, já recebeu uma proposta de emprego para trabalhar em uma construtora. Ele conta que a faixa salarial para os recém-formados varia de R$ 2,4 mil a R$ 6 mil. "A formação que obtive na Unoeste foi imprescindível para a minha atuação, que é na parte de planejamento e medição das obras. A instituição me proporcionou um excelente embasamento técnico, permitindo o desempenho pleno da minha profissão e me ajudando a lidar com diversas situações que ocorrem no dia a dia".

O cenário promissor das profissões listadas na pesquisa também foi observado por Keddy Taynara da Cruz Silva, que pretende se mudar para Presidente Prudente. Apaixonada desde pequena pela área elétrica, a moradora de Alta Floresta (MT) quer cursar Engenharia Elétrica na Unoeste. "Fiz a inscrição no vestibular da instituição logo que soube que seria ofertada. Tenho certeza que a Unoeste oferece uma excelente qualificação, abrindo portas para o mercado de trabalho e permitindo alcançar o sucesso profissional".

Fonte: Planeta Universitário 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Home | Institucional | História | Diretoria | Estatuto | Palavra Presidente | Vídeos Institucional | Vídeos | Localização | Sala de Imprensa | Galeria de Fotos | Fale Conosco | Associados | ART
Locação Espaços | Convênios | Eventos | Empregos | Canal do Associado | Honorários | Biblioteca | Editais | Links | Almanaque | Revista Painel
Rua João Penteado, 2237 - Tel: 16 2102-1700 - Fax: 16 2102-1717
AEAARP © 2017. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Hpinternet.